Crea-SE vai agregar conhecimento técnico às ações da Defesa Civil de Aracaju

 

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) vai ampliar sua atuação fiscalizatória e agregar conhecimento técnico às ações preventivas que são realizadas pela Defesa Civil de Aracaju. Para fortalecer a parceria já existente foi criado o Núcleo Técnico de Defesa Civil (Nutdec) que passa a ser composto por 10 profissionais das áreas de Engenharia Civil; Agronômica; Elétrica; Mecânica; Segurança do Trabalho; Química; Ambiental e Sanitarista, além de Geologia.

“Nosso objetivo ao integrar o Núcleo é contribuir da melhor forma possível com o trabalho de excelência desenvolvido pela Defesa Civil de Aracaju. Nossa meta é buscar soluções práticas, pautadas no conhecimento técnico como forma de atender as demandas da sociedade, emitindo relatório e parecer”. É o que afirma o presidente do Crea-SE, engenheiro agrônomo, Arício Resende Silva ao destacar que o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe já atua em conjunto a Defesa Civil em ações de inspeção predial.

Em reunião realizada na quinta-feira (18) na sede do Crea-SE, o coordenador da Defesa Civil de Aracaju, o major Sílvio Prado fez uma explanação sobre  o trabalho a ser desenvolvido de forma conjunta e destacou a importância da parceria. “A criação do Núcleo de Defesa Civil nasceu da necessidade em termos em nossas ações preventivas, profissionais técnicos. As áreas de engenharia química, mecânica, elétrica, ambiental, agronômica, são áreas muito específicas. Em alguns casos, a Defesa Civil recebe demandas para as quais são necessários profissionais capacitados para atender de maneira mais técnica e objetiva”, explica o coordenador.

Major Sílvio destaca  que a parceria com o CREA-SE irá promover um aprimoramento no atendimento às ocorrências, visto que a equipe contará com uma quantidade maior de profissionais qualificados. Segundo o coordenador da Defesa Civil, será possível atender às demandas com um menor tempo resposta, principalmente em momentos de crise.

Para o secretário da Defesa Social e da Cidadania, Luís Fernando Almeida, essa é uma parceria extremamente importante. “Quando assinamos esse convênio foi na certeza de que vai haver uma somação de esforços em prol de Aracaju. O CREA, com seu corpo de engenheiros e técnicos, nos ajudará bastante nas demandas que temos, e a Defesa Civil de Aracaju com engenheiros competentes, focados na questão específica que nos cabe”, reforçou o gestor.

Para conhecer melhor a atuação da Defesa Civil em campo, os profissionais de engenharia vão participar no próximo dia 30 de um curso, onde serão detalhados alguns procedimentos e medidas. “O objetivo é mostrar as diferentes situações enfrentadas pela Defesa Civil em ação e aproximar os profissionais das demandas”, enfatiza Major Sílvio.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *