Novos planos de saúde da Mútua abrem as sessões plenárias desta semana

Os informes da Mútua, na abertura das sessões plenárias do Confea de julho de 2022, tiveram um teor de novidade: os novos planos de saúde oferecidos pela Caixa de Assistência que, com abrangência nacional, serão comercializados e operados a partir de 1º de agosto. Com a presença do diretor-presidente da Mútua, eng. agr. Francisco de Almeida, a apresentação foi feita pelo diretor de Benefícios da Caixa de Assistência, eng. civ. Carlos Vilhena.

“Todas as opções de plano estão de acordo com o rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde Suplementar”, pontuou Vilhena, ao ressaltar que os planos – a serem operados pela Unimed –  contam com 2,4 mil hospitais credenciados e 135 estabelecimentos próprios. Além de descontos em farmácias, o plano dá direito à remissão, ou seja, em caso de falecimento do titular, os dependentes inscritos mantêm por um ano o direito a atendimento.

Diretor de Benefícios da Caixa de Assistência, eng. civ. Carlos Vilhena

“Quem adquirir o plano até 20 de agosto terá isenção total de carência. E quem se inscrever até 31 de outubro não terá que arcar com taxa de adesão”, complementou Vilhena. Além da Unimed, outras operadoras também poderão se credenciar. As administradoras de benefícios credenciadas junto à Mútua em certames anteriores seguem prestando seus serviços e oferecendo planos aos associados.

Após realizar simulação de inscrição no plano – tendo o conselheiro federal eng. civ. Domingos Sahib como voluntário –, Vilhena respondeu a perguntas dos presentes. Podem aderir aos planos os profissionais registrados e adimplentes nos Creas e os funcionários do Sistema Confea/Crea e Mútua. Os novos planos foram formalmente lançados na sede da Mútua, em Brasília, no último dia 19 de julho.

Assessora da CEF, Talita Machado

Na última Sessão Plenária, realizada entre os dias 29 de junho e 1º de julho, os conselheiros federais determinaram que a Comissão Eleitoral Federal tomasse algumas providências em relação à segurança das eleições do Sistema Confea/Crea e Mútua. “Atendemos tudo o que foi estipulado nas Decisões Plenárias nº 1020 1021/2022 com exceção do link emergencial. O compromisso da CEF será de verificar todas as implicações financeiras, administrativas e logísticas para trazermos respostas na próxima Sessão”, afirmou Talita Machado, assessora da CEF.

Em 2022, as eleições do Confea definirão as vagas que representarão as modalidades de Engenharia Industrial do Acre, de Agronomia de Alagoas, de Engenharia Elétrica do Amapá, de Engenharia Civil do Rio de Janeiro, de Engenharia Civil de Rondônia e de Engenharia Elétrica de Sergipe. Neste ano, o pleito contará também com as eleições para diretor-administrativo da Mútua de Rondônia (o titular renunciou ao cargo) e para presidente do Crea-PA (o então presidente eng. civ. Renato Milhomem faleceu no último 3 de junho).

Ceap 

Os conselheiros ainda aprovaram processos enviados pela Comissão de Educação e Atribuição Profissional (Ceap) referentes à homologação do registro profissional de Daniel Alberto Percara, argentino, com o título de engenheiro eletricista; e de Fernando Cuenca Rojas, boliviano, com o título de engenheiro civil.

Sobre o termo de reciprocidade firmado entre o Confea e a Ordem dos Engenheiros de Portugal (OEP) foram reconhecidas as qualificações profissionais dos portugueses Paulo Jorge Pereira Caires e João Miguel Júnior, com registro no Crea SP.

Beatriz Craveiro e Fernanda Pimentel
Equipe de Comunicação do Confea

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *