Crea-SE lamenta morte do engenheiro civil, Adroaldo Campos

Adroaldo Campos

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) lamenta profundamente a morte do engenheiro civil,  Adroaldo Celso de Oliva Campos, 55 anos. Adroaldo trabalhava na Empresa Municipal de Ubanização (Emurb), órgão da  Prefeitura de Aracaju. Também foi um  dos fundadores da Federação de Tênis de Mesa de Sergipe (FTM-SE).

Ele sofreu um infarto fulminante, nesse sábado (19),  no momento em que  jogava  na Academia Sergipana de Tênis de Mesa, em Aracaju.

“Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor. Que a luz e o amor divino pairem sobre a alma de quem sofre esta imensurável perda, e os console e lhes dê serenidade para atravessar este momento”, disse o presidente do Crea-SE, Arício Resende.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *