XII Conpat-Colômbia contará com artigos desenvolvidos em Sergipe


Profissionais das áreas de Engenharia, Química e Física, da Pós graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, da Universidade Federal de Sergipe, com contribuição da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, irão apresentar dois artigos no XII Congreso Latinoamericano de Patología de la Construcción y XIV Congreso de Control de Calidad en la Construcción CONPAT, que acontecerá na Colômbia, de 30 de setembro a 4 de outubro deste ano.

Confira os artigos:

Estudo comparativo das técnicas não destrutivas de ultrassom e esclerometria na avaliação do desempenho mecânico de estruturas em concreto armado. 

El objetivo de la investigación fue comparar las mediciones efectuadas en las estructuras de puentes de hormigón armado y las técnicas esclerométrica ultrassonora a través de análisis estadístico de la variabilidad de los errores experimentales. El estudio se realizó en cuatro puentes en la ciudad de Aracaju. Se establecieron los mismos diez puntos en las regiones predeterminadas de las partes estructurales para el ensayo y esclerométricos ultrassonoros. Inicialmente, una única medición para cada uno de los diez puntos. Posteriormente, diez y cinco mediciones en cada uno de los diez puntos se determina mediante ultrasonido y sclerometry respectivamente. Para la comparación estadística de los resultados entre las dos técnicas se ha hecho evidente que el ultrasonido tiene sclerometry fiabilidad para evaluar la calidad y resistencia del concreto. Y eso sclerometry sólo debe apegarse a la dureza de la superficie. Los resultados obtenidos en el campo no mostraron ninguna correlación entre el índice y la velocidad esclerométrica ultrassonora. Leia mais…      

 

Aplicação de Técnicas Micromagnéticas para a Inspeção e Monitoramento da Corrosão em Armaduras de Concreto. 

A falha catastrófica de componentes e estruturas de engenharia vem sempre acompanhada de prejuízos os quais justificam o desenvolvimento de metodologias de inspeção, controle de qualidade e análise de patologias. Para o caso da construção civil, além das perdas materiais, há de se considerar os prejuízos associados ao risco à vida humana. Em zonas urbanas, próximas à orla marítima, a corrosão da armadura de aço do concreto armado tem sido apontada como a principal causa de patologias degenerativas do concreto. Neste sentido, este trabalho buscou o desenvolvimento e aplicação de técnicas não destrutivas magnéticas, voltadas para a detecção e quantificação da evolução da corrosão em estruturas de concreto armado. Para tal, amostras de aço foram submetidas a diferentes períodos de exposição em atmosferas salinas, onde, a seguir, foram inspecionadas através da combinação de três técnicas magnéticas. Os resultados mostraram a grande aplicabilidade das técnicas magnéticas, indicando correlações da ordem de 90% para a quantificação da evolução da corrosão.


Conheça os autores:

  • Carlos Henrique de Carvalho, Engenheiro Civil, Mestre, Prof. IFS, Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade Federal de Sergipe, Brasil.
  • Carlos Otávio Damas Martins, Engenheiro de Materiais, Doutor, Professor do Núcleo de Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade de Sergipe, Brasil.
  • Eduardo Kirinus Tentardini, Físico, Doutor, Professor do Núcleo de Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade de Sergipe, Brasil.
  • Ledjane Barreto, Química Industrial, Doutora, Professor do Núcleo de Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade de Sergipe, Brasil.
  • Michelle Cardinales S.S.Macedo, Bacharel em Química, Pós-Doutoranda no Núcleo de Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade de Sergipe, Brasil.
  • Sandro Griza, Engenheiro Mecânico, Doutor, Professor do Núcleo de Ciência e Engenharia de Materiais da Universidade de Sergipe, Brasil.
  • Thomas Gabriel Rosauro Clarke, Engenheiro de Materiais, Doutor, Professor do Departamento de Metalurgia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil.

_______________________________________
Assessoria  de  Comunicação  do  Crea-SE
Luciana Braga – Assessora de Comunicação

Telma Luiza Lima – Fotografia e Design

Contatos:
ascom@crea-se.org.br

(79) 3234-3000/ 3234-3012

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *