Setembro Amarelo: Crea-SE promove palestra sobre prevenção ao suicídio

Os números são estarrecedores. A cada 45 minutos um brasileiro morre vítima de suicídio. Os dados foram destacados pela médica-psiquiátrica, Norma Alves durante palestra realizada nesta quarta-feira (27/9) aos servidores do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE). O evento promovido pela Gerência de Eventos e Logística faz parte da programação ‘Setembro Amarelo’ e teve como objetivo fazer um alerta a respeito do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção.

                                                                                    Galeria de fotos no facebook

“O suicídio é um mal silencioso que tem se tornado um problema de saúde pública devido às altas taxas do País”, afirma a palestrante ao destacar que a Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que ocorram, no Brasil, 12 mil suicídios por ano. “No mundo, são mais de 800 mil ocorrências, isto é, uma morte por suicídio a cada 40 segundos, conforme o primeiro relatório mundial sobre o tema, divulgado pela OMS, em 2014”, reforça ela.

gerente de Eventos e Logística, Clarissa dos Santos Oliveira

Para a gerente de Eventos e Logística, Clarissa dos Santos Oliveira a iniciativa do Crea-SE em promover a palestra nasceu da necessidade de informar, esclarecer e contribuir com a divulgação do tema , no sentido de  conscientizar acerca de um assunto que ainda é tabu. 

‘Assim como as doenças sexualmente transmissíveis e a AIDS que foram por décadas consideradas tabus em nossa sociedade, o suicídio atualmente tem se tornado questão de saúde pública e precisa ser esclarecido e conscientizado pela população que por medo ou desconhecimento muitas vezes não buscam ajuda necessária. O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe está de parabéns”, disse médica-psiquiátrica, Norma Alves.

O assunto prendeu a atenção dos servidores que lotaram o auditório do Crea-SE para acompanhar a palestra. “Foi uma palestra esclarecedora que trouxe para discussão a importância do combate às causas do suicídio e orientações como ajudar a prevenir o suicídio”,

servidor, José de Jesus Cabral

enfatiza a servidora Maria do Socorro de Oliveira.

Para o servidor, José de Jesus Cabral a palestra foi bastante educativa e esclarecedora. “Já tive um caso de suicídio na família. Não é fácil por isso, por isso considero muito importante realizar ações desse tipo para chamar a atenção sobre a importância da valorização da vida”, ressalta Cabral.

 

 

Texto: Iris Valéria

(jornalista- DRT 537)

 

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *