Sergipano Edmilson Machado é homenageado na 76ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia

Edmilson Machado (centro) recebe honraria das mãos do pres. do Crea-SE, Arício Resende (dir.) e do conselheiro federal, João Boaco (esq.)

Em uma noite marcada pela emoção e reconhecimento foi aberta na noite desta segunda-feira (16), a 76ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea) no Centro de Convenções Arnaud Rodrigues, em Palmas (TO). Um dos pontos altos do primeiro dia de programação foi à entrega da Medalha do Mérito e Inscrição no Livro do Mérito. Entre os homenageados, o sergipano, Edmilson Machado Almeida, engenheiro agrônomo, especialista em Cultura do coco.

O profissional foi indicado pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) em reconhecimento relevantes serviços prestados à sociedade, considerando o conjunto das suas ações realizadas ao longo da carreira, com reflexos para o desenvolvimento da agricultura e da sua classe.

Nascido em 5 de setembro de 1937 no município sergipano de Lagarto,  Edmilson Machado formou-se em agronomia em 1961 pela Escola Agronômica da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Cruz das Almas. Com experiências de

Eng.agrônomo, Edmilson Machado: ‘Agradecimento’.

estágio na África e na França, dedicou sua carreira ao fortalecimento da agropecuária em sergipana. ““ Este é um momento especial, e para mim, uma honra ter sido escolhido para receber essa honraria. Agradeço a todos aqui presentes e, em especial ao Crea-SE pela indicação”, disse o engenheiro agrônomo.

O presidente do Crea-SE, Arício Resende ressalta que a homenagem é uma forma de agradecer e preservar a história profissional,  enaltecendo o trabalho das pessoas que participaram e participam do processo de valorização da engenharia e da agronomia. “Edmilson Machado sempre se dedicou à engenharia, que foi sua vida, de forma intensa. É um profissional que engrandece a agronomia, cujo trabalho realizado ao longo da sua carreira muito contribuiu para o desenvolvimento e a pesquisa, especialmente na área da fruticultura”, disse.

Arício Resende também parabenizou a todos os demais homenageados da noite. .”Todos cumpriram ou ainda cumprem seu papel de agente social transformador, integrados ao cotidiano e ao contexto econômico, político e cultural da sua comunidade. Imaginem quantos anos de experiência profissional temos hoje aqui somados? Quanto conhecimento técnico científico acumulado? Quantas contribuições importantes. Todos estão de parabéns”, reforça.

Por sua vez, ao se dirigir ao público, o chanceler, título dado ao coordenador da Comissão do Mérito, eng. prod. mec. Zerisson de Oliveira Neto, afirmou que “a cada ano, os desafios aumentam para escolher os homenageados que contribuíram e contribuem para o progresso do país”.

Honrarias
Homenagem In memoriam
– Arivaldo Gomes da Mota, eng. civil
– Cássio Bittencourt Macedo, eng. civil
– Dirceu Victor Gomes de Hollanda, eng. civil, especialista em Saneamento
– Eddo Hallenius de Azambuja Bojunga, eng. eletricista, mecânico e civil
– Everaldo de Oliveira Castro, eng. civil
– Gilson Arimura Arima, eng. civil, especialista em Administração de Marketing e Comércio Exterior, especialista em Engenharia Sanitária e Saneamento, e em Engenharia de Segurança do Trabalho, doutor em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental
– Joaquim Correia Xavier de Andrade Filho, eng. civil
– Jorge Alberto Müller, eng. florestal, mestre em Engenharia Florestal, doutor em Conservação da Natureza
– José Chacon de Assis, eng. eletricista
– José Geraldo Trani Brandão, eng. mecânico, mestre e doutor em Engenharia Mecânica
– José Gustavo Rios Fayad, eng. civil
– Mário Tadachi Yonekura, eng. civil

Medalha do Mérito
– Ailton Carlos Drummond de Oliveira, eng. de minas e metalurgista, cursado em larva subterrânea
– Alair Gomes Camargo, eng. eletricista, licenciado em Física
– Asher Kiperstok First, eng. civil, mestre em Engenharia Química
– Edmilson Machado de Almeida, eng. agrônomo, especialista em Cultura do coco
– Flávio José Cavalcanti de Azevedo, eng. civil
– Francisco Suetônio Bastos Mota, eng. civil, especialista em engenharia sanitária
– Guilherme de Oliveira Estrella, geólogo
– José Augusto Silva Oliveira, eng. agrônomo, especializado em Comercialização e Financiamento Agrícola
– Mário de Oliveira Antonino, eng. civil, bacharel em Matemática
– Miguel Abuhab, eng. mecânico
– Telmo Brentano, eng. civil, especialista em Hidrologia Aplicada e Construção Civil
– Wagner Bettiol, eng. agrônomo, especialista em Ferrugem do Cafeeiro

Menção Honrosa
– Centro Universitário Senai Simatec, Salvador (BA)
– S. A. Usina Cururipe Açúcar e Álcool, Coruripe (AL), Iturama, Campo Florido, Limeira do Oeste e  Carneirinho (MG)
– Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Pernambuco
Um diploma, além da Medalha, da Inscrição no Livro do Mérito e da Menção Honrosa, também foi entregue aos 27 homenageados.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *