Proposta de modernização do Sistema de Informações Confea/Crea apresentada pelo Crea-SE é aprovada por colegiado

O Sistema de Informações Confea/Crea ( SIC) foi um dos assuntos em

Pres. do Crea-SE, Arício Resende

debate  no segundo dia da reunião ordinária do Colégio de Presidentes do Sistema que acontece até esta sexta-feira (8/6)  na sede do Conselho Regional de  Goiás. Por unanimidade, o colegiado aprovou a proposta de modernização e melhoria da plataforma do SIC apresentada pelo presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE), Arício Resende Silva.

 A atual plataforma não permite aos Conselhos Regionais o cadastramento de cursos de pós-graduação lato sensu (especialização) e scricto (mestrado ou doutorado). A situação dificulta o fluxo de informações e o atendimento imediato dos profissionais do Sistema, principalmente devido ao aumento do volume de solicitações de extensão de atribuições em face da publicação da Resolução 1073/2017 do Confea.

A impossibilidade de alimentar a base de dados do SIC implica em morosidade na resolução das demandas. “A consulta individual acerca da regularidade dos cursos de pós- graduação quando realizados em jurisdições de outros Regionais leva alguns dias para se obter uma resposta. Se essas informações estivessem no Sistema o resultado da consulta seria disponibilizado de imediato”, explica  Arício Resende.

Para o presidente do Crea-SE são imprescindíveis a adequação e melhorias da plataforma tecnológica do Sistema de Informações Confea/Crea ( SIC) de forma a permitir o cadastro de instituições de ensino e seus cursos regulares em todos os níveis de formação para garantir maior agilidade no atendimento aos profissionais, segurança e transparência das informações.

Para o presidente do Crea-GO, Francisco Almeida a proposição apresentada pelo Crea-SE chega num momento oportuno diante dos novos investimentos que serão realizados pelo Confea em sua área de Tecnologia da Informação.

Também durante o segundo dia do encontro, o presidente do Confea, Eng. Civ. Joel Krüger apresentou um relatório de atividades desenvolvidas pelo Conselho Federal ao ressaltar as ações parlamentares e de aproximação com o Conselho Nacional de Educação (CNE). Ele também destacou a entrada do Confea como Amicus Curiae na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) contra dispositivos da Lei 12.378/2010 – que regulamenta o exercício da profissão de arquitetos e urbanistas – e da Resolução 51/2013, ambos do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil (CAU/BR).

Por fim, Krüger destacou as campanhas de comunicação que vêm sendo realizadas pelo Federal, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade sobre o trabalho realizado por todos os profissionais que integram o Sistema Confea/Crea. “Estamos trabalhando em conjunto com o Conselho de Comunicação e Marketing para darmos a visibilidade necessária que a agronomia, as engenharias e as geociências merecem”, frisou.

 

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *