Jorge Silveira defende novo valor do Benefício Social COVID-19 para ajudar profissionais associados à Mútua

Presidente do Crea-SE, Jorge Roberto Silveira

Em reunião da Comissão de Saúde da Mútua, realizada nesta sexta-feira (19) em formato virtual, o representante do Colégio de Presidentes do Sistema Confea, o presidente do Crea-SE, engenheiro civil Jorge Roberto Silveira,  defende a proposta de aumento no valor do Benefício Social COVID-19. Atualmente, o auxílio concedido é de até um salário mínimo mensal. A sugestão é que este valor passe para até três salários mínimos.

A proposta apresentada tem por base a crise atual causada pela pandemia do novo Coronavírus, situação que tem provocado vulnerabilidade social e financeira. “É necessário dar um maior suporte aos profissionais associados, por isso apoio plenamente a sugestão de aumento no valor do benefício colocada em pauta pelos diretores da Mútua”, afirma Jorge Silveira que levará o assunto para discussão e avaliação na reunião do Colégio de Presidentes, prevista para ocorrer em maio.

O presidente Jorge Silveira também parabenizou o Confea pela campanha em defesa da vacinação em massa no combate ao Coronavírus e disse que vai sugerir a Mútua-SE uma ação integrada com o Crea-SE para o fortalecimento e  divulgação da campanha de imunização no Estado. “A vacinação é a principal esperança para conter a disseminação dessa doença. O momento exige uma força tarefa e a participação de todos”, reforça Jorge Silveira.

Da reunião também participaram o diretor de Benefícios, engenheiro civil Fernando Dacal Reis e o diretor de Tecnologia, engenheiro agrônomo e de segurança do trabalho, Cláudio Calheiros, ambos da Mútua.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *