Estratégia na gestão de recursos hídricos não convencionais pauta CEP-SE em Lagarto

Encontro Preparatório na sede do IFS-Campus Lagarto.

CONFIRA MAIS FOTOS DO EVENTO NO FACEBOOK DO CREA-SE

A preocupação com a disponibilidade de água é uma questão frequente nas discussões ambientais e geopolíticas, o tema também pautou o segundo dia dos Encontros Preparatórios do 9º Congresso Estadual de Profissionais do Crea-SE (CEP) realizado no município de Lagarto, região centro-Sul do Estado. O evento ocorreu na sede do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFS).

Profissionais de engenharia participam de encontro preparatório do 9º CEP-SE

Ao lado da vice-presidente do Crea, Engenheira Química Helenice Garcia; da Reitora do IFS, Ruth Sales Gama de Andrade e do diretor geral da Mútua-SE, Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho Ronald Vieira Donald, o presidente do Crea-SE, Engenheiro Civil Jorge Roberto Silveira abriu a programação que foi prestigiada por diversos profissionais, especialmente de engenharia elétrica.

Presidente do Crea-SE, Jorge Roberto Silveira reforça importância da participação dos profissionais nos Encontros Preaparatórios.

O presidente iniciou a fala agradecendo a presença de todos e reforçando a importância da participação dos profissionais nas discussões e propostas voltadas para a construção de uma pauta de políticas públicas que contribuam para o desenvolvimento do país e que atendam as demandas sociais.

Engenheiro Agronômico Dr. Marcos Eric Barbosa Brito.

A palestra sobre “Recursos hídricos não convencionais: Problemas ou oportunidades?” foi um dos pontos altos da programação. O tema foi ministrado pelo Engenheiro Agronômico Dr. Marcos Eric Barbosa Brito que abordou sobre a importância do uso de águas salinas e residuárias como opções para suprir as necessidades hídricas.

O engenheiro também destacou o reuso de água no setor urbano realizado através do tratamento adequado dos esgotos e sua reutilização para fins potáveis ou não potáveis para irrigação em benefício da agricultura e da indústria. Outro ponto colocado foi à captação e utilização da água de chuva.

Clique aqui e fique por dentro do 9º CEP-SE.

A realização dos encontros preparatórios é uma chamada para o Congresso Estadual de Profissionais do Crea-SE que será realizado nos dias 18, 19 e 20 de agosto na sede do Conselho. Este ano, o evento traz como tema central “Desenvolvimento nacional com implementação de políticas públicas para a Engenharia, a Agronomia e as Geociências”, tendo como eixos temáticos: Inovação Tecnológica, Infraestrutura e Atuação Profissional.

Coord. do CEP-SE, aEngenheira Química, Helenice Garcia

“O que pretendemos com os encontros preparatórios é motivar os profissionais da Engenharia, Agronomia e Geociências a participarem das discussões e contribuir com propostas para a melhoria do Sistema Confea/Crea/Mútua e, especialmente para o desenvolvimento nacional”, disse a coordenadora da comissão organizadora do CEP, a Engenheira Química, Helenice Garcia.

No evento, a coordenadora fez uma explanação sobre como funciona o CEP, de que forma os profissionais podem apresentar as propostas e quais os requisitos necessários para participarem da eleição de delegados para representar o estado no 11º Congresso Nacional de Profissionais que vai ocorrer em Goiânia (GO) nos dias 6 e 8 de outubro deste ano.

MÚTUA-SE

Na oportunidade, os profissionais também conheceram os produtos da Mútua (Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea)  e os benefícios disponibilizados aos associados. A explanação foi feita pelo diretor-geral da Mútua-SE, Ronald Donald que destacou o TecnoPrev. “O principal objetivo do plano TecnoPrev é ser um complemento à aposentadoria, oferecendo menores taxas e maior retorno, além de  oferecer inúmeros benefícios essenciais de natureza previdenciária aos associados”, disse.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *