Crea-SE promove debate sobre o desenvolvimento de Sergipe com profissionais da engenharia

Presidente do Crea-SE, Jorge Roberto Silveira e o presidente da Alese, Luciano Bispo nos preparativos para a apresentação do PDES

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) promove nesta quarta-feira (29) um debate junto aos profissionais do Sistema sobre o Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável de Sergipe (PDES) 2020-2030. A proposta é ampliar as discussões sobre as cadeias produtivas e suas vocações como geradoras de oportunidades de investimento e como instrumento de geração de trabalho e renda. O Plano elaborado pela Assembleia Legislativa será apresentado pelo presidente da Casa, deputado Luciano Bispo (MDB). O evento vai reunir engenheiros das mais diversas modalidades na sede da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Sergipe (AEASE) a partir das 19horas.

Para o presidente do Crea-SE, engenheiro civil Jorge Roberto Silveira, a  engenharia precisa ser coadjuvante nesse processo de retomada de crescimento do Estado. “O engenheiro é um profissional do desenvolvimento por excelência, por isso a proposta de reunirmos os profissionais das áreas da Engenharia, Agronomia e Geociências para não apenas debater o Plano, mas também para contribuir com propostas. Vivemos uma crise na economia agravado pela pandemia do Covid, o que afetou duramente vários segmentos, daí o momento para somar esforços”, avalia o presidente do Conselho ao parabenizar a Alese pela iniciativa da elaboração do Plano de Desenvolvimento Estadual Sustentável de Sergipe, considerado um importante instrumento de gestão para alavancar a economia do estado.

O Plano revela dados relacionados às potencialidades dos municípios sergipanos e traz um diagnóstico tecnicamente bem fundamentado, onde  foram identificadas e priorizadas três cadeias produtivas – Óleo e Gás, Turismo e Produção Regional e Pequenos Negócios – com possibilidades de alavancar um novo ciclo de crescimento.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *