Crea-SE: presença marcante nos debates e discussões da 74ª Semana Oficial de Engenharia e Agronomia

Com uma delegação de 52 integrantes, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE) é presença marcante na 74ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia cuja programação foi aberta na noite desta terça-feira (8/8). Nesta edição o evento traz para debate, “A responsabilidade da Engenharia e da Agronomia para o desenvolvimento do País”, com ênfase para o cenário socioeconômico e ambiental. Recursos hídricos, tecnologia, equidade de gênero e inserção internacional também estarão em debate durante os quatro dias do evento.

A 74ª SOEA reúne cerca de 3,5 mil profissionais da área tecnológica, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, de Belém (PA).  “É um evento grandioso que mobiliza milhares de profissionais de todo o País. Um espaço importante de discussões e debates na busca por soluções e posicionamentos referentes às questões que visam a melhoria e o fortalecimento do Sistema Confea/ Crea. É também uma importante oportunidade, na construção de sugestões e ações para o crescimento e o desenvolvimento do  País”, avalia o presidente do Crea-SE.

Na cerimônia de abertura, o presidente do Confea, engenheiro civil. José Tadeu da Silva enfatizou que a responsabilidade dos profissionais da área tecnológica “vai além de construir moradias e viadutos, programar saneamento e produzir alimentos; é construir o progresso do país”. José Tadeu destacou que o tema

Presidente Tadeu durante solenidade de abertura da Soea

central da agenda leva à reflexão: “Uma nação se desenvolve por meio do conhecimento e do notório saber técnico e científico”. Para ele, a responsabilidade ética na conduta e na forma de exercer a profissão também precisa ser colocada à disposição do Brasil.

Evidenciando aspectos históricos da capital paraense, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Pará (Crea-PA), eng. agr. Elias da Silva Lima, recepcionou os participantes. “No século XIX aconteceu o despontar de Belém para a história da Amazônia e do Brasil. Graças ao período áureo do comércio da borracha, nesta época Belém era chamada de Paris na América. Hoje nós a transformamos na capital nacional da engenharia e da agronomia”.

Paulo Guimarães ressaltou o jubileu da Mútua

O diretor-presidente da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea (Mútua), eng. civil. Paulo Guimarães chamou a atenção para os benefícios concedidos e para histórias que refletem a importância do Jubileu de Rubi da instituição, como o projeto Bolsas de Estudos e a Universidade Corporativa, que vão auxiliar filhos de profissionais e funcionários do Sistema, respectivamente. “São 40

Anfitrião do evento, Elias Lima dá as boas-vindas

anos materializando a essência da Mútua, que é o amparo aos profissionais. Não poderíamos ter ocasião melhor para comemorar do que na Soea.

Representando a União Pan-americana de Associações de Engenheiros, eng. Maria Tereza Dalenz pontuou que a Soea é uma grande oportunidade de transmitir conhecimento e tecnologia. “Agradeço ao presidente José Tadeu pela gentileza em viabilizar a participação da Upadi. Que tenhamos a partir deste evento mais conhecimento e que todos os objetivos sejam alcançados”.

Já o presidente da Federação Mundial de Organizações de Engenharia (Fmoi), eng. mec. Jorge Spitalnik, reconheceu o progresso da engenharia brasileira. Aproveitou para apresentar ao público os trabalhos da “entidade que representa os mais de 20 milhões de engenheiros em todo o mundo e que tem o reconhecimento de parceiros, como a Unesco, por firmar cooperações na área de ciência e tecnologia”.

Confira galeria de fotos

O dispositivo de honra da solenidade foi composto também pelo vice-presidente do Confea, eng. agr. Daniel Salati; pelos coordenadores do Colégio de Presidentes, eng. eletric. Modesto Ferreira dos Santos e do Colégio de Entidades Nacionais, eng. agr. Angelo Petto Neto; pela coordenadora nacional de Câmaras Especializadas de Engenharia Civil, engenheiro civil. Alice Scholl; e o estudante de Engenharia Jean Carlos Heringer.

 

C/ informaçoes Ascom/Confea

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *