Crea-SE e a Mútua-SE fortalecem parceria em benefício dos profissionais e servidores

O alinhamento das diretrizes de trabalho para 2021 pautou a reunião realizada na sede da Mútua com a participação dos diretores da instituição, Ronald Donald e Paulo Primo; o presidente do Crea-SE, Jorge Silveira e assessores.

Ações integradas, formalização de convênios e novos projetos em benefício dos profissionais e dos servidores foram os principais pontos da reunião entre o presidente do Crea-SE, engenheiro civil, Jorge Roberto Silveira e a diretoria da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea ( Mútua-SE). O encontro, que ocorreu  na sede da Mútua, também foi norteado por discussões e alinhamento das diretrizes de trabalho para 2021.

No campo de benefícios para os servidores, o presidente Jorge Silveira apresentou dois importantes itens: a concessão do benefício previdenciário (TecnoPrev), que consiste em um plano fechado de previdência complementar, administrado pela BB Previdência, do Banco do Brasil e o plano de saúde Mútua. “São propostas da minha campanha e que hoje estão inseridas em meu plano de gestão. Queremos desenvolver um trabalho conjunto com a Mútua para que possamos implementar estes projetos”, afirma o presidente do Crea-SE.

Pres. do Crea-SE, Jorge Silveira e o diretor geral da Mútua-SE, Ronald Donald avaliam novos convênios em benefício dos profissionais.

Na reunião, o presidente Jorge Silveira também foi enfático ao afirmar que os profissionais registrados no Crea-SE possuem à disposição um leque de benefícios oferecidos pela Mútua. “Minha proposta é alinhar ações estratégicas de divulgação dos produtos e serviços oferecidos pela Mútua para que o profissional tenha conhecimento e passe a usufruir de vários benefícios”, disse o presidente do Crea-SE.

Para o diretor geral da Mútua-SE, engenheiro civil, Ronald Donald o fortalecimento da parceria com o Crea-SE é de fundamental importância para a otimização da prestação de serviços e o acesso dos profissionais aos benefícios. “Temos vários projetos voltados para os profissionais e também para as entidades de classe, além de convênios que serão firmados junto ao Crea-SE”, destaca Ronald.

Antes de encerrar a reunião, o presidente do Crea-SE falou sobre o Seguro de Responsabilidade Civil Profissional, proposta da sua autoria, apresentada quando estava no cargo de diretor de Benefícios da Mútua nacional. “Trata-se de uma ferramenta de proteção na medida em que oferece uma cobertura para possíveis danos causados a terceiros decorrentes de falhas e/ou omissões profissionais. Ao emitirem a sua Anotação de Responsabilidade Técnica – ART no sistema corporativo, os profissionais terão a oportunidade de optar pela contratação de um seguro de responsabilidade civil profissional. A proposta está em análise no Confea”, explica o presidente do Conselho.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *