CEP-SE: Sistema Integrado de Gestão pauta Encontro Preparatório em Estância

Terceiro dia de programação dos Encontros Preparatórios do 9º CEP-SE

VEJA MAIS FOTOS DO EVENTO NO FACEBOOK DO CREA-SE

Empresas com certificados como o ISO 9001 (principal norma de gestão de qualidade reconhecida internacionalmente) aumentam busca por profissionais de gestão de qualidade que compreendam com profundidade as diversas facetas do trabalho de uma empresa. Motivo? Criar planos de gestão integrados com todos esses setores. O assunto pautou o terceiro Encontro Preparatório do 9º Congresso Estadual de Profissionais do Crea-SE realizado nessa quinta-feira (14) no município de Estância, região sul do Estado.

Profissionais de Engenharia participam de encontro preparatório no IFS- Campus Estância.

Com o tema “Qualidade, Meio Ambiente e Segurança: desafios de uma gestão integrada”, a Engenheira Eletricista e de Segurança do Trabalho Dra. Sandra Patrícia Bezerra Rocha fez uma ampla explanação sobre a questão destacando a importância deste novo modelo de gestão. “Nesse cenário entra na pauta do gestor de qualidade, medidas que têm pertinência para áreas como meio ambiente, segurança, saúde no trabalho e responsabilidade social. Na prática, isso reduz a burocracia, aumenta a qualidade de produtos e serviços, reduz o tempo para a realização de rotinas operacionais; otimiza recursos e processos e assegura maior transparência da gestão”, pontua a palestrante.

Eng.Eletricista Sandra Patrícia

O evento realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe, reuniu engenheiros e estudantes das mais diversas modalidades da Engenharia. A programação foi aberta pelo presidente do Crea-SE, engenheiro civil Jorge Roberto Silveira que destacou a importância do SGI nas empresas e corporações como novo paradigma organizacional de gestão voltada para a redução e economia do consumo de recursos materiais e naturais, além de ações específicas para a saúde ocupacional dos funcionários, gerando um ambiente mais saudável e produtivo.

Presidente do Crea-SE, Jorge Roberto Silveira

O presidente também a relevância e as vantagens do Sistema Integrado no âmbito da engenharia. “A gestão integrada na construção civil, por exemplo, é uma pauta que tem se tornado cada vez mais discutida. Apesar de vivermos na era digitalizada ainda são poucos os canteiros de obras que tomam decisões em tempo real. Essa situação decorre de vários fatores, mas aqui destaco à dificuldade para coletar dados e obter uma visão mais analítica e integrada dos impactos do cotidiano na produtividade. Ao implementar esse tipo de sistema na construção civil os processos operacionais passam a ser padronizados, com a finalidade de reduzir desperdícios desperdícios, otimizar o uso de materiais e melhorar o aproveitamento da mão de obra especializada”, avalia o presidente do Crea-SE.

9º CEP-SE

Helenice Garcia- Coordenadora da Comissão Organizadora do CEP-SE

Um dos momentos mais aguardados pelos participantes do Encontro foi a apresentação sobre o Congresso Estadual de Profissionais do Crea-SE que será realizado nos dias 18, 19 e 20 de agosto na sede do Conselho. O que é o CEP, como apresentar propostas e como participar do processo eleitoral para delegado foram pontos destacados pela coordenadora da comissão organizadora do evento, a engenheira química Helenice Garcia que reforçou a importância dos profissionais de engenharia no Congresso.

“O CEP é realizado a cada três anos com o objetivo de discutir e propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação, visando à participação dos profissionais no desenvolvimento nacional, propiciando maior integração com a sociedade e entidades governamentais. Essa é uma oportunidade para exporem suas sugestões e propostas de políticas públicas eficazes para o nosso Estado e nosso país”, enfatizou Helenice Garcia aos p0profissionais de engenharia presentes no terceiro dia de programação dos encontros preparatórios do 9º CEP.

Reitora do IFS, Ruth Sales

O evento contou com a presença da Reitora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe, Ruth Sales Gama de Andrade. “Evento como este abre espaço para que os profissionais  tenham a oportunidade de discutir e contribuir com ideias. Para nossos estudantes, futuros profissionais da engenharia a chance de conhecer melhor o Conselho e também participar ativamente das discussões. Sinto-me lisonjeada pelo IFS está andando junto com o Crea por entender a importância e a necessidade de estreitar, cada vez mais, a academia do mundo do trabalho”, disse a reitora.

Diretor geral da Mútua, Ronald Donald

Durante o evento, os profissionais também tiveram a oportunidade de conhecer as vantagens de ser associado da Mútua ( Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea). “A Mútua é entidade assistencial do Sistema Confea-Crea que presta serviços, ações e garante benefícios diferenciados aos seus associados, na forma de empréstimos com os menores juros do mercado. São quatro categorias gerais: Equipa Bem, Garante Saúde, Férias Mais e Ajuda Mútua”, ressalta Ronald Donald ao frisar que a Mútua também oferece o plano de previdência complementar TecnoPrev, destacando-se pela rentabilidade nos últimos anos e como um dos 10 maiores planos de previdência fechada no Brasil.

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *