Arício Resende reforça o apoio do Sistema Confea/Crea aos tecnólogos na Assembleia Legislativa de Sergipe

Na audiência pública proposta pela deputada estadual, Kitty Lima , deputados, representantes do Crea-SE, do Sindicato e da Federação dos Tecnólogos discutiram a regulamentação da profissão.

A importância dos Tecnólogos para o desenvolvimento do País e as ações realizadas pelo Sistema Confea/Crea pela valorização e regulamentação da profissão foram destacados pelo  presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Sergipe (Crea-SE), Arício Resende Silva, em audiência pública realizada nesta segunda-feira (21) na Assembleia Legislativa de Sergipe. A proposta da discussão foi da deputada estadual, Kitty Lima (PPS).

As ações do Confea para atualização da Resolução 313/1986 foram destacadas pelo presidente, Arício Resende

O presidente Arício Resende, que na audiência representou o presidente do Confea, Joel Krüger, iniciou sua fala reforçando que o Sistema Confea/Crea não só apoia  como reconhece esses profissionais. “Atualmente, são quase 35 mil tecnólogos registrados no Sistema. No Crea-SE temos cerca de 400 registrados, desenvolvendo suas atividades nas áreas de segurança do trabalho, saneamento ambiental, ecologia e diversas outras áreas abrangidas pelas engenharias mecânica, química, civil, agronomia, elétrica”, afirma ao frisar que o número é expressivo e crescente.

Em relação à regulamentação da profissão de tecnólogo, o presidente Arício Resende enfatiza que o Confea apoia totalmente esta causa, principalmente por reconhecer a importância desse profissional para o desenvolvimento do país. “A regulamentação é necessária no processo de reconhecimento e valorização profissional e um passo importante na inserção dos tecnólogos no mercado de trabalho”, avalia.

Quanto a Resolução 313/1986 que regula os registros e atribuições dos Tecnólogos, o presidente Arício disse que o Confea está trabalhando na sua atualização com o objetivo de atender à demanda da categoria. “A Resolução precisa ser revisada, porém o mais importante é que ela já existe dando amparo e suporte aos profissionais”, frisa.

A audiência pública foi acompanhada de perto por representantes da categoria. Também participaram a secretária-geral do Sindicato dos Tecnólogos de Sergipe, Wilma dos Santos, e o presidente da Federação Nacional dos Tecnólogos, Efraim Rodrigues que fizeram uma breve explanação sobre a ação junto ao Congresso N acional em relação à regulamentação da profissão. “Existe um projeto de lei – PL nº 2.245 de 2007, de autoria do deputado Reginaldo Lopes (PT-MG) – em tramitação. O texto do projeto tramitou pela Comissão de Constituição e Justiça, pela Comissão de Educação e Cultura e pela Comissão de Trabalho, de Administração e de Serviço Público. Em todas elas, a proposta recebeu parecer pela aprovação, sendo aprovados os relatórios nessas comissões. Entretanto, a tramitação do PL está parada em razão de dois recursos”, explica Wilma.

“Precisamos fortalecer a categoria para garantir nossos direito e conquistar o reconhecimento profissional, por meio da formação que adquirimos”, disse o presidente da Federação. A deputada estadual, Kitty Lima reforçou a necessidade da valorização da categoria, entendendo que se trata  de profissionais capacitados que precisam ser reconhecidos nos setores público e privado, principalmente em relação às oportunidades de contratações, bem como a realização de concursos públicos.

Deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Engenharia, Infra- Estrutura e Desenvolvimento do Estado de Sergipe, Garibalde Mendonça propôs a realização de Moção de Apelo pela regulamentação da profissão do tecnólogo

Já o deputado estadual e presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Engenharia, Infra- Estrutura e Desenvolvimento do Estado de Sergipe, Garibalde Mendonça (MDB), propôs a realização de Moção de Apelo, aprovada pelos 24 deputados da Casa Legislativa, direcionada aos presidentes do Senado e Câmara Federal, solicitando a regulamentação da profissão dos tecnólogos.

Assessora técnica do Crea-SE, Marina Franca Bezerra destacou a importância do vínculo dos tecnólogos com o Crea-SE

A assessora técnica do Crea-SE, a engenheira agrônoma, Marina Franca Lelis Bezerra,  falou da importância do vínculo dos tecnólogos com o Conselho  com destaque para o registro profissional, a emissão da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART); emissão de documentos e como se posicionam no mercado de trabalho. “ Hoje temos cerca de 400 profissionais registrados no Crea-SE, sendo que deste total 380 estão ativos, desenvolvendo suas atividades. Do ano passado até agora estes profissionais emitiram quase 2 mil ART’s”, disse Marina ao destacar a importância dos tecnólogos para o Sistema e para a sociedade em geral.

Print Friendly

One thought on “Arício Resende reforça o apoio do Sistema Confea/Crea aos tecnólogos na Assembleia Legislativa de Sergipe

  1. Parabenizo aos presentes e toda equipe de apoio, principalmente a guerreira Deputada Kitty Lima, na audiência pública pela Regulamentação, Valorização e Inserção no mercado de trabalho, dos profissionais Tecnólogos. Infelizmente o presidente do Sindtecno/Se, Tecgo José Gomes A. Filho, não teve como está presente, em função de intervenção cirúrgica submetida nesse dia. Grato a todos e avante Tecnólogos. Parabéns

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *