Arício Resende prestigia posse do presidente do Crea-PB e volta a defender uma engenharia unida pela retomada do crescimento do País

Pres. do Crea-SE, Arício Resende cumprimenta o novo pres. do Crea-PB, Antonio Carlos de Aragão

Com uma explanação rápida e objetiva sobre os impactos da atual conjuntura política e econômica na Engenharia e na Agronomia do País, o presidente do Crea-SE, Arício Resende abriu a solenidade de posse do presidente do Crea-PB,  engenheiro civil Antonio Carlos de Aragão, ocasião em que representou o presidente do Confea, engenheiro civil Joel Krüger. O evento realizado na segunda-feira (29), no auditório da Asplan, em João Pessoa, reuniu cerca de 200 pessoas, entre lideranças de classe e empresariais, presidentes de Creas, representantes de instituições de ensino e órgãos governamentais do Estado, conselheiros, profissionais e colaboradores do Conselho.

Em seu discurso, o presidente Arício Resende destacou a importância de uma engenharia unida em defesa da retomada do crescimento e valorização dos profissionais. “O momento exige união para debatermos e apontarmos soluções possíveis para saída de uma das piores crises que já vimos em nosso País. Nós profissionais da área tecnológica temos um papel fundamental nesse processo e o caminho passa fundamentalmente pelo fortalecimento de nosso Sistema”, enfatiza o presidente do Crea-SE.

Ainda em seu discurso, Arício Resende parabenizou o presidente do Crea-PB, Antonio Carlos de Aragão pela expressiva vitória nas urnas e lhe desejou um ótimo trabalho nos próximos três anos á frente do Conselho. Por sua vez, o presidente empossado reafirmou os compromissos da sua campanha eleitoral, que envolviam a educação continuada, valorização profissional, modernização administrativa, o fortalecimento de parcerias e benefícios para os profissionais.

Ele disse ainda que o processo eleitoral foi encerrado definitivamente nesta segunda e agradeceu o apoio recebido. “Isto nos traz uma grande responsabilidade: a de administrar para todos”, afirmou. Em seu discurso, o presidente do Crea-PB disse ainda que suas ações terão o objetivo de avançar ainda mais com as conquistas, “de forma humanizada, sustentável em conjunto com os profissionais, com o setor produtivo, em parceria com nossas entidades e associações, com os órgãos de controle da sociedade, de maneira a alcançar o objetivo maior de nosso Conselho, que é a defesa da sociedade”, destacou o engenheiro.

 

Print Friendly

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *